Polêmica sobre colégio de Itumbiara continua: pai ataca G24H e defende unidade

Continua a polêmica sobre o colégio militar em Itumbiara. Veja

“Senhores blogueiros do Goiás 24 horas, sobre recente arremedo de ‘denúncia’ de ‘mau uso de recursos e cobrança de taxas’ que publicaram referente ao colégio militar de Itumbiara, apresentando a matéria de forma inconsequente e irresponsável.  Nós, pais  e alunos daquela instituição, esperamos que nos apresentem o dito ‘denunciante’ com as provas cabais de tais condutas, possibilitando serem tomadas quaisquer medidas legais necessarias, sob pena de se enquadrarem como ato criminoso em tais práticas caluniosas e difamatórias.
Até porque é de sabença geral a prática reiterada de assim proceder deste blog, dadas as recentes condenações da justiça a se retratarem às pessoas ofendidas em suas páginas, pois recentemente o blog Goiás 24 Horas foi obrigado a publicar por 30 dias consecutivos retratação pública por ofensas morais ao promotor de justiça Fernando Krebs. Em conduta típica de quem não tem qualquer compromisso com a verdade dos fatos.
Saibam os senhores, portanto, que nós, pais e alunos, temos total confiança no excelente e exaustivo trabalho realizado pelo comando da PM junto ao Colégio Militar de Itumbiara, na pessoa do Cel. Daniel, atual diretor comandante da unidade, seja no campo pedagógico e/ou disciplinar, bem como no administrativo, e não aceitaremos ataques vis aos corpo de gestores da instituição, menos ainda ao corpo docente e discente da instituição, que também são diretamente atingidos.
Digo mais ainda, continuaremos atentos a essas ‘reportagens fundadas em denúncias anônimas’, caso essas se tornem regras junto a todo o conjunto do ensino militar no Estado de Goiás, tentando denegrir os excelentes serviços prestados às comunidades pelas escolas, ou se estará afeto somente a nossa unidade.
Espero que façam constar, no mínimo, publicação deste nosso apoio ao colégio e seus direrores, junto à matéria veiculada.
Nelson Costa
OAB-GO 13.987”

O G24H abre espaço a todas as manifestações de forma democrática e repudia de forma veemente qualquer tipo de ameaça à liberdade de expressão.