Vai ter resistência: grupos de trabalhadores e estudantes já organizam protestos contra aumento na passagem

É bom Iris e Caiado ficarem ligados! Grupos de trabalhadores e estudantes já preparam protestos contra o aumento abusivo no preço da passagem, que pode agora custar R$ 4,30. Na quinta-feira, acontece a reunião da CDTC, que deve legitimar o aumento. Nas redes sociais, banners com avisos de manifestações já estão circulando.

Veja abaixo a mensagem postada na página do Facebook da Federação Autônoma dos Trabalhadores (FAT):

[TRANSPORTE] CDTC IRÁ APROVAR MAIS UM AUMENTO ABUSIVO (QUE A MÍDIA COSTUMA CHAMAR DE “REAJUSTE”) DA PASSAGEM DE ÔNIBUS EM GOIÂNIA AINDA ESSA SEMANA

A AGR (Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização dos Serviços Públicos) aprovou o aumento para R$ 4,30. Como sempre a CDTC (Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos) vai atuar em benefício dos patrões do monopólio da Máfia dos Transportes, por puro e simples interesse de classe, pois também fazem parte da classe dominante desta cidade, aprovando também este abuso.

Para tapear o povo tentarão abaixar para R$ 4,25 para que o povo se dê por satisfeito e aceite o “menos pior”. Devemos nos organizar através de comitês por local de estudo, trabalho e moradia para combater esse ataque que lesa diretamente o bolso do trabalhador.

Entre em contato com a FAT para que possamos construir uma rebelião popular capaz de barrar essa injustiça, assim como a Reforma da Previdência e outros ataques ao povo sofredor trabalhador.

É BARRICADA, GREVE GERAL, AÇÃO DIRETA QUE DERRUBA O CAPITAL!