Mais maldades: Caiado pode acabar com gratificação por produtividade de servidores de Saúde

O governador Ronaldo Caiado (DEM) transformou o funcionalismo no grande vilão da falsa crise fiscal e administrativa que criou para justificar sua incompetência administrativa e, à custa disso, vai cassando um a um os direitos dos servidores públicos.

A bola de vez são as gratificações por produtividade pagas para os servidores do quadro direto da Secretaria da Saúde. As complementações, pagas com base em critérios meritocráticos, variam de R$ 900,00 a R$ 2.000,00 mensais, dependendo do servidor – de técnicos a médicos.

Caiado estuda acabar com mais essa conquista, para variar criada e implantada nas gestões de Marconi Perillo (PSDB).