AD

Obrigado a defender Caiado, Bruno Peixoto vira Geni na Assembleia

Ninguém apanha mais na Assembleia Legislativa nos últimos dois meses do que Bruno Peixoto (MDB), líder da bancada de deputados aliados a um governo começou muitíssimo mal. Bruno virou alvo fácil. Como não criticá-lo por defender a nomeação de parentes do governador no Estado? Por defender o calote de dezembro? Por relativizar o descumprimento da promessa de pagar o auxílio-alimentação para professores?

Nesta quarta, Bruno bateu boca com Alysson Lima e Talles Barreto. Alysson botou até a rede de postos de gasolina de Bruno na roda. Talles afirmou que Bruno é um líder “sem conteúdo” e merece cair.