Apresentado com pompa por Caiado, secretário de Saúde precisa dar uma resposta sobre a crise no Materno

O secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, foi apresentado com muita pompa pelo governador Caiado. Jovem e tudo mais, o médico parece que foi escolhido para ser uma estrela em meio a tantos forasteiros. O protagonismo esperado, no entanto, ainda não apareceu. Pelo contrário. Muito atuante nas redes sociais, Ismael precisa mostrar mais serviço no mundo real; porque é nele que o pau quebra e um bom gestor é colocado em prova.

Nesta semana, o garotinho Diogo, de apenas 5 anos, morreu esperando atendimento no Materno Infantil. Caiado, Garcinha e Ismael estão calados até agora. Não se manifestaram sobre a tragédia que virou notícia no Jornal Nacional.

Chegou a hora de o secretário trabalhar e amenizar a crise no Materno Infantil.