(Exclusivo) Urgente: Fila da morte: 14 recém-nascidos aguardam vaga de UTI neonatal

Relatório sobre o número de pacientes que aguardam a liberação de vagas em UTI no Estado revela uma situação extremamente preocupante: 14 recém-nascidos estão na fila por uma vaga de terapia intensiva.

Dos 14 bebês que precisam de UTI, 10 são de Goiânia, 1 está no complexto regulador estadual e outras 3 em Aparecida de Goiânia, Rio Verde e Porangatu. Somados as outras especialidades, o total de bebês, crianças e adultos que estão na fila por leito de UTI no Estado é de 101 pessoas.

As mortes de recém-nascidos por falta de atendimento nas unidades municipais de saúde no Hospital Materno-Infantil, do Governo do Estado, chocaram Goiás e o país nas últimas semanas. É o resultado triste da incompetência administrativa do prefeito Iris Rezende (MDB) e do governador Ronaldo Caiado (DEM).