Sintego: 42% das escolas do Estado estão paradas em protesto contra descaso de Caiado

De acordo com levantamentos parciais do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sintego), cerca de 42% das escolas estão paralisadas em todo o estado de Goiás.

A categoria reivindica a conclusão do pagamento de dezembro/2018, de março/2019 e o auxílio alimentação retroativo a fevereiro. Já os/as aposentados/as da categoria, exigem que seja cumprida a paridade nos pagamentos, ou seja, que recebam simultaneamente com o pessoal da ativa.