Caiado suspende realização de novos concursos públicos em Goiás, mas não para de nomear comissionados

Caiado suspendeu a realização de concursos públicos no Estado. A medida foi justificada com a alegação de que os administradores precisam fazer um diagnóstico da realidade atual, incluindo a análise do quantitativo de pessoal que aguarda nomeação, das prioritárias e da situação econômico-fiscal do Estado. A informação é da Secretaria de Estado da Administração (Sead), ao ser questionada se aplicaria em Goiás as mesmas regras do recém-publicado Decreto 9.739, publicado no dia 29 da março passado. Com o decreto, o governo federal vai definir quais certames serão feitos nos próximos anos, com prioridade para o enxugamento da máquina estatal.
Mas continua a nomear comissionados.