Exclusivo: Veja a planilha de escalonamento proposta por Caiado e recusada pelos professores estaduais

O G24H teve acesso à tabela de escalonamento dos salários de professores e servidores técnico-administrativos ativos e inativos proposta pelo governador Ronaldo Caiado e rejeitada pela categoria.

Além da vergonhosa proposta de escalonamento de abril até julho, como se os servidores pudessem parcelar contas atrasadas, a tabela mostra que Caiado está devendo R$ 186 milhões em salários, benefícios e pensões apenas para os servidores da Educação. Confira: