Agenda negativa de Paulo Garcia prossegue animada: agora é o aumento dos impostos municipais

A coluna Giro, em O Popular deste domingo informa que a Prefeitura iniciou estudos para atualização da Planta de Valores Imobiliários de Goiânia, que serve de base para definir a cobrança do IPTU, ITU e ISTI. A intenção é enviar o projeto de revisão à Câmara no segundo semestre, a tempo de ser aprovado e implantado em 2014.

Isso significa que o prefeito Paulo Garcia vai continuar envolvido com uma agenda negativa, depois de ser processado por crime ambiental pelo Ministério Público (por autorizar indústrias em área de preservação), flexibilizar o Plano Diretor e permitir o aumento abusivo da tarifa do transporte coletivo.

Agora, vem aí o aumento de impostos, um assunto que já é desgastante por natureza e que, se for conduzido com a habitual falta de transparência pelo prefeito Paulo Garcia, vai resultar em prejuízos ainda maiores para a imagem do prefeito.

 

LEIA MAIS:

Paulo Garcia tem a quem puxar: Iris deu a última facada no goianiense há oito anos e aumentou impostos municipais

Preparem os bolsos, tigrada! Paulo Garcia quer cobrar mais imposto de quem mora em condomínio fechado

Depois da alta da passagem, vem aí novo assalto ao goianiense. Paulo Garcia planeja aumentar os impostos municipais em 2014