Rio Verde: recursos federais para obras já licitadas não chegam ao município por incompetência do prefeito Paulo do Vale

Reportagem publicada na edição deste domingo (14) pelo jornal O Popular aponta que Rio Verde não conseguiu destravar três obras de porte considerável na cidade financiadas por recursos federais, que juntas somam R$ 45,7 milhões: o Centro de Iniciação ao Esporte, o Hospital Materno Infantil e a Canalização do Córrego do Sapo.

Em outras palavras, a paralisação das obras significa que falta competência ao prefeito Paulo do Vale, que faz uma gestão acanhada, provinciana e sem realizações importantes no município.

O prefeito não tem acesso aos deputados federais e aos senadores goianos. Paulo do Vale é um gestor “Chico Bento” e não tem a dimensão do cargo que ocupa, consumindo seu tempo na administração de questões pequenas.

E o resultado não poderia ser pior para Rio Verde: dos R$ 45,7 milhões de recursos empenhados pelo governo federal para obras no município, apenas R$ 5,6 milhões chegaram aos cofres da prefeitura.