Aliado de 1a. hora, Paulo do Vale não aparece entre os influenciadores de Caiado; Lissauer surge na lista como o único de Rio Verde

Integrante da dissidência que apoiou Ronaldo Caiado na campanha para governador, o prefeito de Rio Verde, Paulo Vale, gabava-se na cidade de ser apoiador de primeira hora do democrata.

Este condição, conforme ele próprio dizia, lhe valeria prestígio político para indicar dois nomes no secretariado do governo, além de garantir acesso livre ao Palácio das Esmeraldas.

Passados quatro meses do governo Caiado, o que se sucedeu foi muito diferente o que Paulo do Vale projetou: ele não indicou uma viva alma sequer no secretariado, jamais foi chamado ao menos para um cafezinho em palácio e recebe tratamento de segunda classe do governador.

Em compensação, o desafeto político do prefeito Rio Verde, o novo presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), é paparicado por Caiado, inclusive com convites permanentes para almoços na Casa Verde.

Enquanto Paulo do Vale segue desprestigiado e isolado em Rio Verde, Lissauer deita e rola em Goiânia, tanto que foi incluído na lista dos influenciadores Caiado, elaborada pelo Jornal Opção depois de ouvir jornalistas e políticos sobre quem tem acesso e faz a cabeça do governador.