Jânio Darrot considera “injusto” reajuste na passagem de ônibus e diz que órgão vai deliberar “série de melhorias para que empresas cumpram”

O presidente da Câmara Deliberativa de Transporte de Coletivo (CDTC) e prefeito de Trindade, Jânio Darrot, disse, nesta quarta-feira (17/04), que considera “injusto” o reajuste no preço da tarifa, de R$ 4,00 para R$ 4,30, que passa a valer a partir das 5h da manhã de sexta-feira (19/04). Porém, ele informa que o órgão se reunirá nos próximos dias “para deliberar sobre uma série de melhorias, condições e metas para que as empresas cumpram”.

Jânio explica que “tínhamos que tomar uma decisão”. Segundo observa, caso optassem pelo veto ao aumento na tarifa do transporte coletivo “iríamos quebrar o contrato, o que poderia estabelecer o caos ainda maior no sistema, na medida em que as empresas apresentam números que registram prejuízos”.

Segundo o prefeito, o aumento na tarifa é previsto nas leis de licitações e de concessões. “O reajuste é automático, ocorre anualmente no mês de dezembro e já deveria ter sido implantado”, informa.