Gomide recusou auxílio-moradia, mas usou auxílio-mudança para reformar gabinete

O deputado estadual Antônio Gomide (PT), que continua morando em Anápolis, fez um documento recusando receber o auxílio-moradia. O petista, no entanto, usou o polêmico auxílio-mudança para fazer uma espécie de reforma em seu gabinete. Gomide justifica dizendo que precisa começar a trabalhar logo e verba indenizatória ainda não estava sendo liberada para ressarcir os custos.

Veja abaixo a matéria do jornal O Popular: