Passados quatro meses de governo, cai aprovação de Bolsonaro e Caiado, diz pesquisa Grupom

O Diário de Goiás publica nesta quarta-feira pesquisa Grupom indicando que cai a aprovação de Bolsonaro e Caiado. Veja o texto de Marcus Vinícius:

“O Instituto Grupom divulgou a sua segunda rodada da pesquisa sobre as expectativas da população em relação ao ano de 2019, em comparação ao ano anterior, 2018. Segundo o diretor-presidente do Grupom, Mário Filho, ” foi realizada a mesma pesquisa no inicio do mês de  dezembro e repetida no final do mês de abril de 2019, buscando avaliar as expectativas dos goianos com relação as mudanças politicas, sociais e econômicas ocorridas nestes últimos 3 meses e sua expectativa em 2019″.

O levantamento feito pelo instituto revela que entre os meses de dezembro e abril, aumentou o número de goianos que avaliam que o ano de 2019 será pior do que o de 2018, na mesma proporção em que houve redução do otimismo em relação aos governos do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e do governador Ronaldo Caiado (DEM).

Em dezembro de 2018  a pesquisa trouxe o seguinte resultado: 76,5% acreditavam que 2019 seria um ano melhor do que 2018; para 6,5% seria pior; outros 12,8% acreditavam que seria igual e 4,5% não souberam opinar. Passados quatro meses o número dos otimistas caiu para 62,7%, ou seja, uma queda de  13,8 pontos percentuais naqueles que acreditaram que o 2019 será melhor do que 2018. Os pessimistas passaram de 6,2% para 15%, numa alta de 9,8 pontos percentuais na expectativa de um ano pior. Entre os que avaliam que 2018 será igual a 2019, houve aumento de 8 pontos percentuais, de 12,8% para 20,8%, e uma queda de três pontos percentuais naqueles que não sabiam responder (de 4,5% para 1,5%), que certamente migraram para um dos dois pólos da pesquisa. “