(URGENTE) EXCLUSIVO Adial rompe com Caiado: “Governo não quer dialogar, aí é paciência, né?”

A Adial rompeu qualquer diálogo com o governo Caiado depois do envio do projeto do ProGoiás para a Assembleia sem qualquer conversa prévia com os representantes da entidade. “O governo não quer dialogar, aí é paciência, né?”, diz um representante da entidade.

Olha o português de Vanderlan: na coluna Giro, ele diz que “somos os únicos que já estamos apresentando”. Que horror…

Repetimos e insistimos: quem pretende governar Goiás e representar o povo goiano precisa se expressar com clareza e de acordo com as regras do idioma. Não é o que faz o empresário Vanderlan Cardoso, que não dá a mínima importância para o bom português. Nesta segunda, na coluna Giro, ele continua exibindo a sua falta de compromisso com a Língua Pátria. Veja.

Ver mais

Que decepção! Lançamento de Gomide teve discursos, discursos e mais discursos, mas só ataques e nenhuma proposta para Goiás

Tem certas coisas que só acontecem em Goiás: o encontro do PT que confirmou a candidatura de Antônio Gomide a governador foi marcado por dezenas de discursos, inflamados e apaixonados, mas nenhum – nem o de Gomide – apresentando propostas para Goiás. Como é que pode? Gomide e os petistas querem governar Goiás, mas não dizem como pretendem fazê-lo.

Ver mais

João Lemes, em O Popular: “Enquanto a oposição briga entre si, Marconi vai navegando sem ser incomodado”

Segunda-feira é dia da análise política de Fabiana Pulcineli na coluna Conexão, em O Popular. É? Nesta segunda, o editor João Lemes, escrevendo na página de opinião, ocupou o espaço de Fabiana e mostrou que a oposição, desunida, está fortalecendo cada vez mais a candidatura do governador Marconi Perillo – que já é o líder em todas as pesquisas. Confira.

Ver mais

Parece até que são Friboi, Vanderlan ou Paulo Garcia que estão fazendo a coluna Giro: olha o português estropiado de Caio Salgado nesta segunda

Políticos como Vanderlan Cardoso, Paulo Garcia e Júnior Friboi vivem massacrando a Língua Portuguesa. Mas jornalistas que cobrem as suas atividades, como Caio Salgado, interino da coluna Giro, de O Popular, têm a obrigação de se expressar com correção. Só que… veja o tamanho do erro do Caio no Giro desta segunda. E olha que é o mais importante espaço da imprensa goiana.

Ver mais