Assediado por Daniel Vilela para ser candidato a vice, Célio Silveira responde: “Não sou traidor”

Eleições, Goiás

O deputado Daniel Vilela fez forte assédio ao colega Célio Silveira para ser o candidato vice na chapa do PMDB em 2018.

O assunto tomou conta das rodas políticas e o peemedebista espalhou que o tucano do entorno de Brasília havia topado a parada.

Nesta terça-feira, na mini-entrevista ao Giro, Célio mandou o recado a Daniel: “Não sou traidor”, disse ele.

Veja a nota na imagem acima.