Visita de presidente paraguaio a Goiás mostra força de Marconi. Difícil imaginar outro político goiano a protagonizar encontro como esse em terras goianas

O presidente do Paraguai, Horacio Cartes, e o governador Marconi Perillo defenderam na quarta-feira, na Conferência Internacional Bilateral realizada em Goiânia o estreitamento das relações comerciais entre o país sul-americano e o Estado brasileiro. Marconi disse que, estabelecidos os parâmetros, de lado a lado, para a ampliação do comércio, ambas as partes ganharão economicamente, tanto na produção quanto na relação com os trabalhadores.

Cartes, por sua vez, disse que Goiás, sob o comando de Marconi, lidera os Estados em crescimento no país, apesar da crise econômica nacional, que a retomada do desenvolvimento sustentado verificada neste ano no Brasil vai impulsionar o comércio entre Goiás e Paraguai nos próximos anos. “Ambos os lados só têm a ganhar com esta parceria entre Goiás e Paraguai, com importações e exportações de parte a parte”, disse Marconi, em entrevista, ao final da conferência, realizada, na Casa da Indústria, sede da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg).

A visita do primeiro presidente latino-americano a Goiás é fruto da missão internacional que Marconi liderou no Paraguai em outubro deste ano, mostrando as potencialidades do Estado. O governador tem visão e enfrenta críticas daqueles de raciocínio provinciano quando sai ao mundo para exibir a força de Goiás.

É por isso que Marconi está a anos-luz à frente do resto dos políticos goianos. Você aí já imaginou Iris ou Caiado com essa dinâmica, atraindo um presidente para o Estado e estabelecendo acordos comerciais???

Difícil !

Compartilhe