Bruno Peixoto acusa MP de “truculência” e de dar “tom político” às suas ações

Goiânia

Deputado acusa Ministério Público de “truculência”, “sensacionalismo” e “arbitrariedade” na prisão e condução coercitiva de suspeitos na Operação Jeitinho – que reuniu provas a respeito de um esquema que liberava licenças ambientais em troca de propina. Bruno acredita que o MP deu um “tom político” às suas ações.