Mais perseguição ao servidor público: Caiado agora quer acabar com licenças médicas, denuncia O Popular

Caiado abre mais uma frente de ataques aos direitos dos servidores públicos estaduais. Agora, o governador quer conter as licenças médicas, denuncia o jornal O Popular na manchete deste domingo. Ou seja, o funcionalismo, na visão caiadista, não pode se afastar para cuidar da própria saúde ou acompanhar tratamento de familiares.
É mais um absurdo deste governo que elegeu o servidor como inimigo número 1 e bode expiatório da crise fiscal.