Secretário afirma que novo Passe Livre vai incluir ensinos fundamental e superior, mas haverá critério social

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Marcos Cabral, disse que o novo projeto do Passe Livre Estudantil, que deve retornar à Casa, prevê a inclusão do ensino fundamental e superior no direito ao benefício. Informação é do Jornal Opção. O projeto mais recente enviado à Casa cortava mais de 60 mil estudantes. Diante da rejeição total da sociedade, imprensa e movimento estudantil, o governador Caiado recuou.

O secretário avisou que o critério social será mantido. Se for igual ao projeto anterior, o estudante terá que comprovar renda familiar de até 3 salários mínimos e ser beneficiário de programa social.