AD

Cinco meses após assumir governo, Caiado usa emissoras oficiais para atacar governos passados; pior: direção de veículos permite abusos

ACinco meses após assumir o Palácio das Esmeraldas, o governador Ronaldo Caiado (DEM) segue no palanque eleitoral, mas com um agravante seriíssimo: está usando as emissoras de comunicação oficiais do Estado, custeadas com recursos públicos do cidadão contribuinte, para fazer política e atacar adversários.

Pior ainda é a postura dos diretores dos veículos, que vêm permitindo os abusos. Esses executivos públicos teriam, no mínimo, de alertar o governador sobre as condutas vedadas.

O duplo abuso ocorreu novamente nesta sexta-feira, em que Caiado usou a Rádio Brasil Central (RBC) para atacar o governo passado. A RBC, por sua vez, fez uma postagem de conteúdo político com a declaração. Depois, o texto foi replicado pelo perfil do Televisão Brasil Central (TBC). RBC e TBC são veículos da Agência Brasil Central (ABC).