Lêda Borges: “Secretária não respeita a Assembleia nem o povo goiano. Virou persona non grata”

A deputada Lêda Borges condenou as declarações dadas pela secretária de Economia, Cristiane Schmidt, que disse  não ser verdade que o duodécimo não é integralmente repassado para o parlamento goiano.

“Gostaria de dizer que, infelizmente, que a base do governo propôs um título de cidadania para a secretária de Economia. Até ontem, ela mereceria a honraria, hoje não é merecedora. Tornou-se persona non grata. O que os mosquitinhos dizem ao meu ouvido é que nem o governador Caiado tem mais paciência com ela. A oposição avisou que ela era uma forasteira e que nem havia comido ainda um quilo de sal aqui. Ela não respeita a Casa, nem o povo goiano”, afirmou.