Presença de Bolsonaro não diminui agonia do servidor estadual, que ainda não sabe quando vai receber maio

O presidente Bolsonaro, o prefeito Iris Rezende, a primeira-dama Gracinha (Leoa) e o governador Caiado são só sorrisos na manhã desta sexta-feira, em Goiânia. Aqui na Capital, o presidente vai participar de um evento na Assembleia de Deus. Quem não está rindo é o servidor estadual. O dia 31 chegou e o trabalhador não sabe quando vai receber o salário de maio.

Caiado e sua secretária carioca Cristiane Schmidt continuam calados e misteriosos.