Divino Lemos culpa Iris por problemas no atendimento da Saúde em Senador Canedo

A demanda de pacientes que procuram se tratar utilizando os serviços de saúde no município de Senador Canedo aumentou consideravelmente nos últimos meses. A média de atendimentos realizados pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que era de 300 a 400 atendimentos por dia pulou para 600 pacientes diários. Os números foram informados pela Prefeitura, na tarde desta terça-feira (04/06).

A UPA, assim como os outros Prontos Socorros 24 Horas, da Vila Galvão, da São João e na Região do Jardim das Oliveiras, são Portas Abertas. A diretora da UPA, Katia Pereira explica que não há restrições no atendimento e que todos os pacientes são atendidos, porém, existe um processo de prioridade realizado no serviço de triagem assim que a pessoa chega no local. “Os pacientes são atendidos, nenhum procedimento é negado, porém a prioridade é destacada na triagem, não importa o horário de chegada, sim a necessidade do atendimento”, salienta.

Em resumo: o prefeito Divino Lemos culpa o colega Iris pelo caos na Saúde em Canedo.