CPI dos Incentivos Fiscais: relator diz que já tem farta documentação para apertar empresários

Relator da CPI dos Incentivos Fiscais, o deputado Humberto Aidar aponta que já tem “farta documentação”com base em que foram aprovadas convocações das 23 maiores empresas beneficiadas. “A que mais teve créditos outorgados é
do ramo farmacêutico e acumulou R$ 2 bilhões recebidos
do estado. Esse crédito é vergonhoso, porque as empresas recebem e podem vender no mercado a outras que devem ICMS ao governo, pela metade do preço”, afirma. O relator da
CPI pedirá prorrogação do prazo de trabalho. (Com informações de Rubens Salomão)