Judiciário e Ministério Público levam calote de Caiado e não recebem maio conforme manda a Constituição

Mais um calote no servidor público. Dessa vez, quem levou manta foram os funcionários do Ministério Público e do Poder Judiciário, que não receberam o mês de maio no dia 10, conforme manda a Constituição do estado.
Logo a Justiça e o MP, que são encarregados de zelar pelo cumprimento da lei.