AD

Com Doria, indústria de SP tem melhor mês desde junho de 2018, aponta IBGE. Em Goiás, marcha ré com Caiado

Maior parque fabril do país, a produção da indústria de São Paulo cresceu 2,4% entre março e abril, o melhor resultado desde junho de 2018, quando avançou 13,8% na retomada após a greve dos caminhoneiros, mostram dados divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já em Goiás, com Caiado, A indústria goiana registrou queda de 5,9% em abril de 2019 em relação ao mesmo mês do ano passado. Na comparação com o mês março último, na série com ajustes sazonais, a queda foi de 1,4%. De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), divulgada nesta terça-feira (11/06) pelo IBGE, Goiás está entre os cinco locais que apresentaram redução no País. Com a segunda queda no ano, a indústria goiana teve a variação acumulada no ano de 2019 negativa em 0,2%. Quando analisado o acumulado nos últimos 12 meses Goiás mantém o pior resultado do País (-4,9%), devido a grande sequência de quedas sofridas pela indústria em 2018.