AMPG acusa aumento de Caiado no Ipasgo é “imoral”: “Servidor é o único que paga com desconto na folha”

Em nota divulgada pelo Jornal Opção, a Mobilização dos Professores de Goiás (AMPG) acusou de imoral o aumento, já que nem todos os servidores receberam o pagamento referente ao mês de dezembro de 2018.  E completou: “Nenhum servidor teve reajuste na data-base e a Educação não teve reajuste do piso. Não aceitamos pagar por dívidas que não contraímos, aliás, somos os únicos que pagamos em dia, pois o desconto é direto na folha”.