Site Poder Goiás: relatório da reforma da Previdência sem estados é derrota “pessoal” de Caiado em Brasília

Veja o que escreve o jornalista Eduardo Horácio, do site Poder Goiás: “O relatório da reforma da previdência, fechado em acordo com líderes partidários do DEM, MDB, PP, PR e outros favoráveis à reforma, excluirá Estados e municípios. A decisão é uma derrota pessoal de Ronaldo Caiado (DEM), de longe o governador que mais insistiu em Brasília para que o texto da reforma não excluísse os Estados. Caiado ainda tenta incluir no texto a possibilidade de aprovação nos Estados via “decreto” e não via votação nos parlamentos estaduais.

No texto original entregue ao Congresso em fevereiro, as mudanças que seriam adotadas para os servidores federais seriam estendidas a servidores públicos governos estaduais e prefeituras. O parecer do relator, o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), será votado na comissão especial da Câmara. Ainda há uma chance de se incluir servidores estaduais e municipais no projeto em votação em separado no plenário – mas com poucas chances de aprovação.

A inclusão ou não de estados e municípios na reforma é um dos pontos de maior acidez entre a equipe econômica do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e parlamentares, que não querem comprar o desgaste de aprovar mudanças nas regras de aposentadorias de servidores públicos estaduais e municipais. Preferem deixar o pepino para as Assembleias Legislativas estaduais e as Câmaras de Vereadores”.