“Se diálogos foram alterados, eles poderiam provar”, afirma Glenn Greenwald

O fundador do site de notícias The Intercept Brasil, jornalista Glenn Greenwald, rebateu no Twitter pontos do depoimento do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, na CCJ do Senado.

“Se eles foram alterados, eles poderiam facilmente provar isso. Mas eles não fizeram e nunca vão”, escreveu.