Deputado Cláudio Meirelles: Caiado vai demitir em massa servidores comissionados e parte dos efetivos

O deputado Cláudio Meirelles (PTC) vai direto ponto: com a decisão do ministro Gilmar Mendes do STF, o Estado de Goiás poderá ingressar no Regime de Recuperação Fiscal, mas o governador Caiado terá que pagar um alto preço político.

Segundo Meirelles, Caiado terá que exonerar em massa servidores comissionados e parte dos efetivos.

“Na decisão judicial, o governador Caiado terá até seis meses para computar as despesas com inativos, pensionistas e o dispêndio com imposto de renda do quadro funcional dentro das despesas com pessoal, o que irá ultrapassar o percentual permitido por lei com gasto com pessoal”, assinala.

Assim, de acordo com o deputado, Caiado será obrigado a que revogar o dispositivo da Constituição Estadual, atingindo os servidores dos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público, TCE e TCM.

Resumo ópera: os servidores que preparem porque tempos sombrios se anunciam em Goiás.