Com a decisão do STF, Caiado vai arrochar ainda mais o servidor, com redução de salários, corte de direitos e demissões

Com o governo sem foco e direção, Caiado prepara novo arrocho no servidor público estadual. Dessa vez, o governador vai promover redução de salários, corte de direitos e mais demissões. Sem plano de ação, esse é o único caminho para a gestão equilibrar as contas e ter acesso ao sonhado socorro financeiro de Bolsonaro.
O funcionalismo pode preparar o lombo.