Capital da fé recebe atletas e devotos para 6º Desafio dos Romeiros

Em clima de superação e fé, mais de mil atletas de corrida participaram do 6º Desafio dos Romeiros, no último domingo (23), em Trindade. O evento marca o início do calendário da Festa do Divino Pai Eterno, um dos eventos religiosos mais importantes do mundo.  A largada simbólica da corrida foi dada pelos Portadores de Necessidades Especiais da Vila São Cottolengo, instituição filantrópica que será beneficiada com os alimentos não perecíveis arrecadados durante a entrega dos Kits de corrida.

A prova contou com dois percursos, de 16km e 7km , com largadas separadas por cerca de 20 minutos de diferença. O ponto final foi no importante cartão postal de Trindade, o Portal da Fé. Após completarem o desafio, os Atletas contaram com atendimento de fisioterapeutas e alimentos saudáveis como frutas, suco e açaí, itens importantes para a hidratação.

O primeiro colocado dos 7km na categoria masculina foi David Andrade de Mesquita, de 47 anos, que chegou na marca dos 26min e 23 seg. A primeira colocada no mesmo percurso foi Vani Rodrigues dos Santos, 61 anos, com a marca de 29min e 47 seg. O vencedor do percurso dos 16km foi Cacio Vinicius, 31 anos, com o tempo de 55 min e 22 seg e na categoria feminino Patrícia Dias da Silva ficou no primeiro lugar do pódio nos 16km.

Atleta de corrida há 15 anos, Cacio Vinicius vinha se preparando para a prova que marca o início das festividades e superou a dificuldade do percurso, com várias inclinações. “Comecei a correr aqui nessa cidade, considero aqui minha casa. Toda semana eu faço treino de longo porque meu objetivo é ser um atleta de destaque da elite”, explicou.

O Desafio dos Romeiros une participantes de diversos perfis e idades. Essa foi a primeira vez que a comerciante Sirlene Souza (52) correu no evento, apesar de praticar corrida de rua desde 2012. A prova de hoje era especial para ela por unir a fé, solidariedade e esporte.

*PNE’s da Vila São Cottolengo recebem medalhas por superação*

Para os Portadores de Necessidades Especiais (PNE) da Vila São Cottolengo um lugar no pódio representava a superação de seus limites. Eles fizeram a abertura do evento com uma corrida simbólica por cerca de 5 metros e já no ponto final foram condecorados com medalhas, gerando a eles grande euforia. “Deficiência não existe, não existem limites. Isso foi importante para mostrar para todos”, disse João Batista Ferreira que é atendido pela Instituição, dando beijo na medalha logo em seguida.
O psicólogo da Vila São Cottolengo, Thiago Vinicius Almeida, explica que ao participar dessa corrida, os PNE`s sentem-se acolhidos pela sociedade, e o que “eles precisam é de um gesto de amor e o Desafio dos Romeiros proporciona esse acolhimento. Para eles, essa largada significa autonomia de poder fazer o que o outro faça mesmo que tenha uma leve alteração física ou mental”.

O Desafio dos Romeiros une fé, esporte e solidariedade. Os alimentos não perecíveis arrecadados serão destinados à Vila São Cottolengo, hospital filantrópico que faz atendimentos a pessoas com deficiência e em situação de vulnerabilidade social.

*Desafio dos Romeiros é evento importante no calendário de festividades do Divino Pai Eterno*

Também conhecida como Capital da Fé, Trindade recebe religiosos durante todo o ano, mas no período da festa religiosa Divino Pai Eterno, a movimentação se intensifica com a peregrinação de romeiros de diversas partes do mundo. Com o tema “Sede santos como Vosso Pai é Santo”, a Romaria do Divino Pai Eterno 2019 será realizada entre os dias 28 de junho e 7 de julho. A corrida do Desafio dos Romeiros marca o início deste momento. Para o idealizador e organizador da prova, Dorival Lobo, a ideia é aliar a fé, a caridade e a prática esportiva. “O Desafio dos Romeiros é sobretudo sobre a caridade, assim como nos ensinou o Senhor, e também um momento de Fé e devoção ao Divino Pai Eterno, muitos veem como forma de agradecimento pelas bênçãos alcançadas”, conta.

Além de ter a corporação presente para dar suporte aos atletas, o tenente coronel do Corpo de Bombeiros aproveitou o momento para correr 7km. Ele explica que “esse evento é importante para divulgar o nome da cidade e só engrandece Trindade e o esporte em Goiás”. A prova contou com diversos pontos de apoio durante o percurso com profissionais aptos a oferecer segurança aos participantes.
Há seis anos a corrida foi iniciada com cerca de 100 pessoas. Neste ano, mais de mil pessoas participaram e a meta da organização é que até a 10ª edição cerca de 4 mil pessoas participem da prova.

Após correr 16km, o médico Pedro Ivandosvick, que participou do Desafio dos Romeiros pela segunda vez, ressaltou a importância da realização do evento para os participantes e também para o Hospital São Cottolengo, que vive de doações. “Eles merecem todo apoio da sociedade, principalmente em um evento como esse voltado para a saúde e confraternização”.