Polêmica da Fórmula 1: Doria enfrenta Bolsonaro e garante que categoria fica em São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), enfrentou e desmentiu o presidente Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (25). Doria afirmou que não há definição sobre a ida da Fórmula 1 para o Rio de Janeiro a partir de 2021. “Eu lamento frustrar o presidente mas a decisão não está tomada, vocês acabam de ouvir isso do presidente da Fórmula 1”, disse Doria.

Na segunda-feira (24), Bolsonaro afirmou que há “99% de chance” de o Grande Prêmio de Fórmula 1 do Brasil ser sediado no Rio de Janeiro a partir de 2021.

Doria criticou a estrutura do Rio de Janeiro para sediar a competição e se comprometeu a defender o interesse do estado em manter o evento. “Quem deve defender o Brasil é o Bolsonaro. A mim compete defender os interesses de São Paulo”, disse.