URGENTE: Segunda Turma do STF decide manter Lula preso

A presidente da Segunda Turma, ministra Cármen Lúcia, também votou contra a proposta de Gilmar Mendes de soltar Lula até que o habeas corpus fosse julgado. Com isso, os ministros decidiram analisar o mérito do pedido de liberdade do ex-presidente. Na prática, a Segunda Turma do STF decidiu manter o ex-presidente Lula preso enquanto o julgamento sobre a suspeição de Moro não for analisado.

Não há data para que o julgamento do recurso de Lula, que aponta falta de imparcialidade de Moro, seja retomado.

O julgamento, iniciado em dezembro e retomado nesta terça-feira, não será finalizado hoje. Isso porque o ministro Gilmar Mendes disse que o seu voto é longo, com 44 páginas, e, portanto, não será possível analisar o mérito na sessão.