Kitão defende que Estado e Prefeitura assumam de imediato controle de bilhetagem do transporte coletivo

Durante os debates desta quarta-feira sobre a gravíssima crise do transporte coletivo em Goiânia, o vereador Lucas Kitão (PSL) defendeu que o governo de Goiás e a prefeitura de Goiânia assumam imediatamente o controle de bilhetagem do transporte coletivo.

Parece até inacreditável, mas o prefeito Iris Rezende (MDB) e o governador Ronaldo Caiado (DEM), explicou Kitão, não têm a menor de quantos passes e créditos escolares as empresas emitem mensalmente para uso no sistema.

“Isso quer dizer que o poder público não sabe de fato quanto sobra de tudo aquilo que é arrecadado com as passagens pagas pelos usuários e com as gratuidades”, disse Kitão.

“Essa é a primeira coisa que tem de ser feita: abrir a bilhetagem”, disse o vereador.