MP apura irregularidades de servidores na prefeitura Rio Verde

Servidores públicos estaduais cedidos à Secretaria Municipal de Saúde de Rio Verde estariam descumprindo a carga horária estabelecida por lei com o consentimento do prefeito Paulo Faria.

Para apurar o caso e implementar um controle de frequência, o Ministério Público Estadual, por meio 4ª Promotoria de Justiça de Rio Verde instaurou procedimento de investigação.

A promotora Renata Dantas de Morais e Macedo solicitou a prefeitura da cidade informações técnicas sobre os servidores e recomendou inclusão imediata deles no sistema eletrônico de registro de ponto do município.