Investidas do caiadismo não intimidam Zé Garrote, que não passa recibo nem se rende ao cerco contra ele

Com um faturamento de R$ 1 bilhão, o empresário Zé Garrote está sendo vítima de investidas do caiadismo, que não se conforma com a solidez e independência do empresário dono do poderoso grupo São Salvador. Garrote tem prestígio nacional, trânsito entre lideranças políticas e empresariais e não se intimida com as ameaças dos novos donos do poder em Goiás. A queda de braços é briga de gente grande. Já se fala até em candidatura de Garrote ao governo em 2022.