Zé Nelto ajuda a suavizar regras da aposentadoria de policiais federais, mas não cuida da categoria do estado

Com ajuda do depurado Zé Nelto, líder do Podemos, o plenário da Câmara aprovou na madrugada desta sexta-feira (12), por 467 votos a 15, uma emenda que altera a reforma da Previdência para prever regras de aposentadoria mais suaves para uma série de carreiras policiais. Houve ainda uma abstenção.
A emenda, que contou com apoio do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, cria uma regra alternativa com idades mínimas menores para os integrantes dessas categorias.
São favorecidos pela emenda policiais da:
Polícia Federal;
Polícia Rodoviária Federal;
Polícia Ferroviária Federal;
Polícias legislativas (Senado e Câmara);
Polícia Civil do Distrito Federal.
Além disso, a medida beneficia agentes penitenciários e socioeducativos federais.
A emenda aprovada não trata dos policiais dos estados (policiais militares, civis e bombeiros dos estados), uma vez que os servidores dos estados e municípios foram excluídos da reforma.