(Exclusivo) Tem coelho neste maio: com a arrecadação em curva crescente, superintendente da Receita Estadual cai do cargo

Bastidores da Secretaria da Economia dão conta que que haverá troca na equipe de Cristiane Schmidt.

A superintendente da Receita Estadual, Nislene Alves Borges, deixa o cargo e será remanejada para o Conselho Administrativo Tributário (CAT).

Muito estranho: se a arrecadação está crescendo, por que tirar a superintendente do cargo?

Tem coelho neste mato, garantem fontes da Secretaria da Economia.

Nislene seria substituída pelo auditor Marcelo Mesquita, mas ele acabou se inviabilizando por conta de suas estreitas ligações com o ex-deputado ex-prefeito de Goianésia, o tucano Jalles Fontoura.

A secretária Schmidt ficou receosa de desagradar o governador Ronaldo Caiado nomeando para o comando da Receita Estadual alguém ligado ao PSDB e achou uma solução intermediária.

Vai nomear para o cargo o auditor Mário Barcellar, que é protegido de Marcelo Mesquista.