Verba da Fundação Tiradentes está sendo desviada para custear eventos festivos da PM, denuncia leitor

Em mensagem encaminhada ao whatsapp do Goiás 24 Horas, um leitor que pediu para não ser identificado afirma que a verba da Fundação Tiradentes – instituto de apoio ao policial militar em casos que envolvam assistência social (próteses, fardamento, funeral, auxílios e indenizações nos casos não amparados pelo Ipasgo) – está sendo utilizada para custear eventos festivos e com teor político.

Confira a mensagem:

A Fundação Tiradentes é um instituto de apoio ao policial militar em casos que envolvam assistência social (próteses, fardamento, funeral, auxílios e indenizações nos casos não amparados pelo IPASGO). É descontado um valor diretamente no contracheque do militar, sendo que foi reajustado no ano passado (2018) por índices irrazoados (muito acima da inflação), gerando grande indignação da tropa e até com intervenção das categorias de classe. Porém com insucesso, prevalecendo o poder de império.

O problema é que a Fundação Tiradentes, segundo as más línguas, patrocinou alguns eventos da Polícia Militar em anos passados, como locação de cadeiras, sonorização, palcos etc, quando de seu aniversário e talvez em outras festividades, além da realização de um megaevento na sua academia em julho passado (talvez até para a posse do novo comandante geral, ocorrida em janeiro).

Seria um desvio de finalidade do instituto, caso realmente ocorreu ou faz parte dos fins estatutários?

Se sim, toda corporação foi informada que o dinheiro arrecadado com os descontos também poderia ser gasto com eventos que não contém contraprestação alguma, podendo faltar recursos para seus verdadeiros fins?

Se houve gasto, o Governo ou a própria Polícia Militar ressarciu tais recursos, via dotação orçamentária?

Sendo lícito tal patrocínio, foi devidamente lançado nos balanços e aprovados pela sua curadoria, bem como publicados para conhecimento geral, inclusive ao Ministério Público que a fiscaliza?

É possível uma nota de esclarecimento da Fundação Tiradentes direcionada a toda corporação e sociedade (transparência) informando se realmente foram direcionados recursos para eventos públicos ou privados da corporação e/ou outros, quais foram, em que período, além de valores e se houve ou não ressarcimento?

Vem aí os 161 anos da Polícia Militar agora em julho. Quem está patrocinando e seu valor real?

Não se está questionando a importância da Fundação, apenas buscando esclarecimentos para que toda Polícia Militar e sociedade saiba de seu verdadeiro papel institucional.