Procurador comemora nova previdência: “papai comunista sonhará em educar o filho para ser policial, não jornalista”

Conhecido por classificar o nazismo como “movimento de esquerda” e por ter usado um caso de estupro em Niquelândia, em 2018, para atacar militantes de esquerda (dizendo que “para a militância esquerdista, essa criança não é vítima. A vítima seria o autor desse crime hediondo”), o procurador Ailton Benedito acaba de presentear-nos com mais uma pérola.

No Twitter, onde se denomina como “cidadão de bem”, Benedito afirmou: “Vejamos um efeito bastante positivo da reforma da previdência. Papai e mamãe comunista-socialista-esquerdista vão sonhar e educar seu filhinho amado para ser policial. Menos mão de obra disponível para o funk, a televisão, o jornalismo etc”.

Em tempo: o Palácio do Planalto cogita a escolha de Benedito para o cargo de Procurador-Geral da República.