Fracasso caiadista: enquanto estados como Paraná decolam economicamente, Goiás afunda

Os últimos dados sobre a produção industrial divulgados pelo IBGE mostram bem a posição em que Goiás se encontra no país com a ascensão de Ronaldo Caiado (DEM) ao poder: no buraco.

A última série com ajuste sazonal feita pelo IBGE mostra que, de um lado estão estados como Paraná, que registrou crescimento de 6,3% em sua produção industrial nos últimos 12 meses, na liderança nacional do segmento econômico.

Com Caiado, Goiás está na outra ponta, a do fracasso. A indústria do estado apresentou variação negativa de 2,5 pontos porcentuais, ou seja, recessão brava.

Até Caiado, a economia goiana estava entre as líderes nacionais na geração de riqueza e empregos. Mas o governador assumiu cortando incentivos e investimentos, e o resultado está aí: o buraco.