Professor diz que UEG tem sido “ninja” e que Caiado tem de aumentar o repasse para 3%

O professor Emival Mamede Leão publica artigo no Popular de hoje sobre a combalida UEG. Ele reclama dos ataques à universidade e diz que o plano de Caiado pode transformar a instituição multicampi e interiorizada passa servir apenas aos grandes centros e abandonar os que mais precisam dela. Tudo isso, com demissões e fechamento de unidades, para servir ao propósito do governo caiadista de buscar socorro financeiro de Bolsonaro.
Mamede advoga que, em vez de reduzir a vinculação constitucional , ela seja aumentada para 3%.