Com Paulo do Vale, Rio Verde sai da lista de melhores cidades para fazer negócios no Brasil

Rio Verde não está mais na lista da Urban Systems de melhores cidades para fazer negócios no País. Em 2016, quando o prefeito Paulo do Passe assumiu, o município ocupava a 65ª posição e, em 2017, caiu para 82ª. Em relatório referente a 2018 ela não aparece.

A pesquisa, ligada à revista Exame, foca nas melhores cidades em relação ao: Desenvolvimento Econômico; Capital Humano; Desenvolvimento Social; e Infraestrutura. “O Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios é calculado através da metodologia de análise estatística chamada Índice de Qualidade Mercadológica (IQM)”, revela o relatório.

Além disso, na versão 2018 foram considerados os municípios com mais de 100.000 habitantes em 2017 (IBGE), o que, conforme o IQM considera 310, de 5.570 municípios do Brasil.

Cidades como Aparecida de Goiânia e Anápolis figuram em algumas categorias da lista. A primeira, está na 60ª posição em Desenvolvimento Econômico, enquanto a segunda em 81º lugar em Capital Humano, 40º em Infraestrutura e 78º, no geral. Goiânia (32º) também figura nesta série principal.