Inexperiente politicamente, comandante da PM tromba com presidente da Assembleia por causa do comando da corporação em Rio Verde

Com a habilidade de um elefante em loja de xícaras de porcelana, o comandante-geral da PM, Renato Brum, meteu a colher de pau numa briga que não é sua e que pode acabar sobrando para ele.

Brum trombou de frente com o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), ao dar entrevistas falando sobre a troca do comando regional da PM de Rio Verde.

De acordo com Brum, a mudança não foi movida por perseguição política, quando, de fato, foi sim e o prefeito de Rio Verde está alardeando isso na cidade.

Faltou traquejo ao coronel, que assumiu um desgaste político que não era dele e comprou briga com o cada vez mais independente e poderoso Lissauer Vieira.

Veja a entrevista de Brum ao Diário de Goiás:

 

https://diariodegoias.com.br/politica/120674-troca-de-comando-da-pm-de-rio-verde-nao-tem-nenhuma-interferencia-politica-afirma-comandante-geral