Ato ilícito: servidora da Educação estadual fixa publicidade em poste e ainda divulga nas redes sociais

Por ordem da secretária estadual de Educação, Fátima Gavioli, servidores da pasta cometeram o ato ilícito de fixar material publicitário em postes da rede pública de Goiânia. O pior: divulgaram fotos do malfeito nas redes sociais. 

O blog consultou o Código de Posturas do município encontrou o artigo 139, que dispõe de forma muito clara sobre a fixação de publicidade em postes de energia: “Art. 139 É expressamente proibida a publicidade ou propaganda de caráter político e comercial, por meio de faixas de tecido ou de material de qualquer natureza, quando afixada em postes, árvores de arborização pública, muros ou fachadas”.