Farra, medalha e viola: passagem de Bolsonaro por Goiás não rende nada pro Estado e Caiado, de novo, fica de papagaio do presidente

De novo, a passagem do presidente Bolsonaro não rendeu nada de concreto para Goiás. O destaque, se é que se pode dizer assim, do tour do presidente em terras goianas foi um almoção caipira regado a muita viola na fazenda do cantor Amado Batista. Risos, muitos puxa-sacos cercando a trupe e o governador Caiado firme na segunda voz da moda de viola sertaneja. Nada mais!

Bolsonaro não deu as caras na Cidade de Goiás, onde Caiado estava doido para homenageá-lo com uma medalha. Quem recebeu a honraria foi o ministro Onyx Lorenzoni, que disse que Caiado está “sintonizado” com Bolsonaro.

E ficou nisso!