AD

Comandante geral dos Bombeiros está sendo fritado em óleo quente pela primeira-dama Gracinha Caiado, de quem se tornou desafeto

O coronel Dewislon Mateus, comandante geral do Corpo de Bombeiros, que prepare o couro: a frigideira do Palácio da Esmeraldas já está com óleo quente para fritá-lo.

O militar cometeu o pecado sem perdão de se atritar com a primeira-dama Gracinha Caiado por conta de uma lista de promoções. Agora, ele só escapa da degola por milagre.

O nome mais falado para substituir o coronel Mateus é o coronel Jailton, que comandava a corporação na Cidade de Goiás e tem apoio ostensivo de Jorge Caiado, o primo do governador Ronaldo Caiado que manda na PM mais que o comandante geral Renato Brum.

Assim como o coronel Mateus, o coronel Jailton não é visto com bons olhos pela tropa.